terça-feira, abril 20, 2010

“O jornalista da vossa beleza” em território de nuestros hermanos.

A direcção do TUM, bem como os actores que fazem acontecer este espectáculo, gostariam de agradecer à equipa organizadora do festival Internacional de Teatro Universitário da Universidade de Santiago (USC), pela forma entusiasta e acolhedora com que fomos recebidos.
Gostaríamos também de agradecer ao público presente pelos fortes aplausos com que nos congratularam e ainda, por todo o carinho a atenção que depositaram nos quatro actores durante o espectáculo.
Segundo os actores – Andreia Dantas, Agostinho Silva, Eduarda Freitas e Vítor Arezes – foi com enorme prazer que declamaram todos aqueles poemas para o público presente.
Em nome de todos, a direcção do TUM agradece e deseja continuar a participar nos vossos eventos.
Gracias!




6 comentários:

Lucía disse...

Hola
Felicitaciones al equipo de Teatro de Minho, el espectáculo hilarante de la poesía de João Negreiros que me dio el domingo pasado.
Su calidad como intérpretes, así como el propio escritor es innegable.
Felicitaciones y espero verte.

Anna Luíz disse...

Hola Teatro do Miño! Foi un pracer coñecer o voso grupo, e gosto do voso traballo! Foron incribles, eu teño aínda que realçarr que son realmente excelentes actores, xa que están sós en escenario, sen cenografia, sen marcado, totalmente improvisado. É un traballo moi complexo e só para grandes actores, e no Festival vi grandes momentos, pero non tan xenio coma o voso. Si, é verdade tamén que os textos son magníficos. Felicito-vos pola sorte que teñen.
creo que unha das cousas que me impresionou máis foi a vosa humildade en pasar a mensaxe, é que con textos tan fabulosos, que suxiren tantas emocións, guste que o tivesen explicado tanto.
O teu traballo é extremo, teño pena é que o goberno portugués non aposte na cultura! Hai talento! E o concepto é fermoso. Forza e volten aquí.

Filipa disse...

Olá à equipa do TUM.

Fico muito contente por ver o vosso trabalho reconhecido além fronteiras.
Assiste ao vosso espectáculo na fnac em Guimarães e adorei simplesmente. Depois de assistir ao espectáculo procurei saber mais sobre o autor dos textos - João Negreiros - e fiquei espantada. A forma como ele chega a universos tão diferentes é incrível e isso é muito patente nas interpretações que os actores fazem com os respectivos textos. Vou continuar a seguir o vosso trabalho!
Os meus sinceros parabéns!

Manuel disse...

Parabéns e parabéns!

Vocês são magníficos!

Tive o grande privilégio de assistir ao vosso espectáculo na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo e digo: nunca vi um espectáculo de poesia com tamanha qualidade e olhem que já estive presente em muitos.

Por acaso, naquela noite sem grande vontade lá tirei o pé de casa e resolvi ir ver o tal espectáculo de poesia - "O jornalista da vossa beleza" - apresentado pelo TUM e que surpresa ! Os textos, actores bem como interpretações dos mesmos ...magnífico. É um espectáculo de emoções extremas. Mas cuidado muita coragem para as mostrar. Não consigo eleger um único poema porque todos são de uma carga de excelência inegável e até porque são tão diferentes e abarcam mundos tão diferentes que só posso dizer adorei todos.

Não posso deixar de congratular o escritor João Negreiros pela coragem. Até que enfim que leio um livro e percebo que quem escreveu aquilo escreveu para as pessoas e isso meu caro mostra muita generosidade. Também para escrever o que escreve tem que ser um Grande Senhor.

Obrigada!

ana patricia disse...

Emocionante ver as vossas fotos, fico mesmo comovida com a energia que estas imagens passam. Eu já conheço à algum tempo o trabalho do Tum e do João Negreiros. Mas nunca é demais realçar as qualidades soberbas do vosso trabalho.
As imagens falam poesia.
As imagens são poesia.
Obrigada pela partilha.
Espero ver-vos de novo.
Beijinhos a todos.
Continuem e força!
Ana Lourenço

ana patricia disse...

Emocionante ver as vossas fotos, fico mesmo comovida com a energia que estas imagens passam. Eu já conheço à algum tempo o trabalho do Tum e do João Negreiros. Mas nunca é demais realçar as qualidades soberbas do vosso trabalho.
As imagens falam poesia.
As imagens são poesia.
Obrigada pela partilha.
Espero ver-vos de novo.
Beijinhos a todos.
Continuem e força!
Ana Lourenço